Feliz Dia do Pastor 2017

I Tim. 3.1 - Fiel é a palavra: se alguém aspira ao episcopado, excelente obra almeja.

O Dia do Pastor é muito mais que um momento de homenagens, ainda que estas sejam justas e necessárias. E um dia, sobretudo para reconhecimento e reflexão. Quando o apóstolo Paulo escreveu ao jovem pastor e seu filho na fé Timóteo (I Tim. 3.1). Fica muito claro que a excelência do ministério não estava baseada em usufruto terreno, mesmo que necessário e indispensável em muitos momentos. Porque sobre isso Paulo tinha pouco a dizer, uma vez que sua vida, do ponto de vista humano, social, virou de ponta cabeça, desde a sua conversão na estrada de Damasco. Perdeu sua cadeira no Sinédrio, a proteção das autoridades judaicas, títulos e reconhecimentos. Ganhou inimigos, opositores e muito sofrimento como ele mesmo descreve em II Cor. 11. Com certeza, para Paulo e nós também a excelência do ministério tem como alvo o porvir, a eternidade, o lindo céu, a nova Jerusalém. Assim ele se expressa em II Tim. 4 “... Quanto a mim, ... o tempo da minha partida está próximo..., desde agora a coroa da justiça me está reservada, a qual o Senhor, justo juiz, me dará. Naquele dia e não somente a mim, a todos que amarem a sua vinda”. Somos pastores de Cristo, servindo-o na MEPB, perdemos privilégios humanos, reconhecimentos, bons trabalhos seculares, profissões, excelentes salários e muitas vezes até a própria família, mas reconhecemos que nossa esperança não está nesse mundo, aqui sofremos, padecemos por amor a Cristo e na perspectiva do amanhã, das coisas eternas, concordamos com o Apóstolo Paulo, o ministério é algo excelente que deve ser almejado a cada dia, na certeza de que, nossa recompensa será na glória. Avante! Em frente!

Continuemos firmes fazendo o trabalho daqueles que nos alistou em seu exército, nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo.

Pastor José Azemar Luna Sales
PRESIDENTE DA DIRETORIA NACIONAL

Comments are closed.